17.4.10

Hérnia de disco em animais.

Resolvi colocar este artigo, porque passei por este problema com o Ozzy, ele teve hérnia de disco e só tinha 3 anos, foi um sufoco ver ele se arrastando pela casa.Graças a Deus o problema dele foi resolvido com medicamentos e acupuntura,não foi preciso cirurgia, o terrível é que quando eles estão bem querem subir e descer do sofá da cama o Ozzy ficou com trauma de subir escadas, como moro num prédio de quatro apartamentos,ele senta e fica esperando agente carregar ele no colo,não sobe de jeito nenhum! E quando esta com dor anda com uma corcovinha nas costas dá uma dózinha.Espero que gostem do artigo.Beijos.

Animais também sofrem com hérnia de disco

Problema pode afetar a locomoção e os movimentos do bicho

Você sabia que seu bicho está sujeito a ter hérnia de disco? O problema se manifesta nos animais assim como nos seres humanos mas, no caso dos pets, a hérnia tende a aparecer com a chegada da idade (a partir dos cinco anos) e com o ganho de peso.
Na coluna, há discos cartilaginosos em forma de anel que ficam entre as vértebras e evitam o atrito entre elas. Quando esses discos se desgastam, podem acabar se rompendo e pressionando a medula. Essa degeneração pode inflamar e virar uma hérnia.
Os sintomas são bem fáceis de identificar. Na maioria das vezes, o bicho perde agilidade, se locomove menos e em casos mais graves, pode até parar de andar.
Segundo o veterinário Marcelo Quinzani, a doença não tem cura, mas há tratamentos que incluem repouso, analgésicos e anti-inflamatórios. Em casos mais graves, é preciso fazer um procedimento cirúrgico. O tipo de tratamento vai depender da gravidade do caso e dos sinais clínicos envolvidos.
- Quando o animal tem crise de dor por hérnia de disco, a primeira indicação é o repouso. Em seguida, o dono deve procurar um médico veterinário. Deixar o bicho confortável é muito importante para controlar a dor.
O veterinário afirma que há como prevenir a doença:
- Deve-se controlar o peso e as atividade físicas mais bruscas, como subir e descer escadas, saltar nos móveis, etc.
Se não tratada, a hérnia pode evoluir e prejudicar demais o bicho. Dependendo do local da hérnia e do comprometimento medular, é muito comum perder os movimentos dos membros pélvicos ou mesmo de todos os membros.
- A procura do médico veterinário deve ser imediata e o bicho mantido em repouso.
Se o seu bicho estiver com este problema controle seu peso, tente fazê-lo repousar e não dispense o tratamento médico e/ou cirúrgico. Como não existe cura, a acupuntura para o controle da dor em longo prazo pode ser uma boa opção.
Por Helena Dias, do R7


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...